Siomara Reis Teixeira: UM OLHAR DE SAUDADE É meu olhar que...

UM OLHAR DE SAUDADE


É meu olhar que vaga perdido
Buscando tua presença em cruel ausência
Embasado, umido, aflito
Através das janelas dos meus sonhos

E nesta enfática e constante espera
Minhas manhãs outrora ensolaradas,
São hoje lapidadas pela esperança do nosso amanhã

Minhas noites, quiçá trevas e escuridão
Hora, fecundas em aquarela, estão
Forjadas pela mais bela tradução, do nosso amor!

Inserida por siomarareisteixeira