Nélio: Como tudo isso começou eu não sei.....

Como tudo isso começou eu não sei..
Não temi. Não fugi. Nem asas criei
Apenas permiti que tudo tivesse vida
Ou que morresse no seu devido tempo...

Não tenho nada além de mim mesmo
Pra oferecer como algo que possa encantar...
Palavras, gestos, sentimentos, todos eles
Apenas revelarão quão mísero é o que sou...

Sufoca-me saber que sou o mesmo de tantos
Sofrimento maior é não ter sido o primeiro...
Aquele que te fez sorrir, segurou nos braços
Fez seu coração bater mais forte e te amou

Eis que sou eu inválido revelando-me a ti
Abrindo minhas defesas deixando experimentar
Talvez suave se possa sentir prazer em mim
No fim serei talvez apenas uma vaga lembrança

Solidão eterna amiga fiel em suas visitas
Veio me dizer pra não me esquecer quem sou
Ingênuo acredito na sorte de poder ser melhor
Mas volto sempre na certeza do nada existir

Não vou fazer-me de um verme maldito
Nem tão pouco abandonarei o meu sonhar por ti
Minha consciência apenas fortalece a minha luta
Que não seja hoje, mas ainda hei de te-la pra mim

O teu sorriso é tudo pra mim e me faz tão feliz
Mas eu queria alcançar é o teu coração...

( Um artista, meu amigo)

Inserida por PriscilaBp