Aline Romariz: MOrrendo E no sono, emaranhado de...

MOrrendo

E no sono, emaranhado de sonhos,
revi teu rosto,toquei tua pele,
senti teu gosto...
Já não eras o mesmo de antes
havia algo de estranho...
Não sei se as rugas, palavras do tempo,
não sei se o gosto adulterado dos beijos outros...
Ou era algo de mim que apagava por dentro
ou era só um sonho... Morrendo.

Inserida por AlineRomariz