Laura Pedrosa: ...parece até engraçado o modo como eu...

...parece até engraçado o modo como eu te vejo agora, o modo como você se tornou minusculo na minha mente - se é que ainda exista nela -, o modo como tudo se torna um nada quando o teu nome está no meio e como você parece não reagir com nada disso - o que me dá um ar de repugnancia.
Eu poderia cair da escada do prédio - só pra chamar atenção -, e ficar entubada emaparelhos médicos por dias, para ocupar a minha mente, eu poderia te ignorar por tudo isso ou poderia continuar do mesmo modo - o de sempre, sempre. Mas, ao invés disso, eu simplesmente sorriu, e sorriu alto...e não seria você que iria me privar disso. Dentro de mim tudo permanece...

SOB CONTROLE (PARTE II)

Inserida por laurapedrosa