Rafael Ferroni: Estou bêbado, e continuo bebendo. Bebo...

Estou bêbado, e continuo bebendo. Bebo enquanto destilo erros ortográficos numa folha de papel.
Eu tinha você, mas não tinha, agora não tenho você, e é quando eu mais sinto você perto de mim. Tenho certeza que fomos feitos um para o outro, mas não neste mundo, não nesta vida.
Posso falar de amor facilmente, amei você não no instante em que te beijei, mas sim no instante em que a vi linda, toda de preto toda perfeita.
Quanto mais te amo, mas te odeio mais te amo mais me odeio e mais te amo.
Mas amor não sobrevive sozinho, o amor precisa de vida, de alimento. O amor precisa de amor.
Você não me amou, meu amor não foi suficiente pra nós dois, meu amor morreu.
Meu coração não bateu, ou acelerou de tal maneira que não senti, até morrer.
Meu coração morto tentando bater, pedindo. Implorando por alguém que o reanime que o tire de onde nunca deveria ter caído. Da solidão...

Inserida por rafaelferroni