Ana Meira: O amor é mesmo tudo que existe. Seja...

O amor é mesmo tudo que existe. Seja ele em qualquer forma, de pai/mãe para filho, de amigos, de homem e mulher... A verdade é que cada um deles desperta uma coisa diferente, mas que em todos nos sentimos protegidos. Outra verdade, é que amar é muito bom, acho que até pra saúde. Vou falar um pouco do amor homem e mulher. Não que os outros não sejam importantes, mas esse é o amor que todos esperam um dia: amar e ser amado. E nesse amor, sentimos sintomas diferentes que às vezes parecem loucura (e talvez seja). Vemos o mundo mais colorido (coisas da cabeça), dormimos e acordamos rindo e nem ligamos quando nosso irmão mais novo mexe nas nossas coisas ou quebra algo de valor pra gente, porque também não importa, a única coisa que tem valor pra gente naquele momento é a pessoa amada. Acabamos tendo a impressão que não nos falta nada e só de amar aquela pessoa (e ser retribuído) já temos tudo. É ótimo descobrir o que o amor pode nos fazer (e trazer) e escrever tudo que sentimos. Ame! Mas ame verdadeiramente, esse amor sim nunca acaba.

Inserida por anameira