Mayza Graziella: Cicatrizes do Sol O que se espera é uma...

Cicatrizes do Sol

O que se espera é uma avalanche
De desejos para aflorar;
Eu só não sei o porquê
Da nostalgia ensistir em ficar.

As meninas perdem a memória;
A lembrança é como a rua em que caminho;
Esburacada por diversas vidas;
As histórias continuam se repetindo.

Posso ver as cicatrizes do sol
E a imortalidade é uma criança;
À girar em torno de prismas
Que em céu nublado apenas se cansa.

Um após o outro passam-se os amores;
E sempre o coração sente saudade;
De um sofrer que é implorar;
Por contato, impacto, contínua vontade
De sentir, descobrir e se entregar.

Eu sei!Iremos pela vida à buscar
Por um jeito de não envelhecer
Todos os olhos choram em ver o tempo passar
E já não querem ter de esquecer, ceder,
muito menos se acomodar.

Inserida por MayzaDarkJoker