Paulo Laet: Figuras estranhas Na minha mente Gestos...

Figuras estranhas
Na minha mente
Gestos de prazeres
Odores não industrializados
Almas no pecado
Sinos ditando o ritmo
Movimentos agitados
Não chega a ser
Um ato mundano
Este belo retrato
São almas envolvidas
Neste momento
Pecaminoso!
Não são
Mas humanos
Tornam-se anjos
No ato
De se amar
De se tocar
De se beijar

Inserida por poema