Luciana de paula: As manhãs já não são mais as mesmas...

As manhãs já não são mais as mesmas
Olho para trás ao sair e não te vejo
Aquele beijo de bom dia não existe mais

A vida nem sempre é bela, mas é sábia
O futuro só o tempo nos dirá
Saber agora o amanhã não é digno de nenhum humano

As pequenas coisas são as mais faltantes, nesse momento
Esperar-te ansiosa pela sua chegada
Sorrir, te ver dormir como um anjo
Aquele beijo no momento latente
Até as brigas fazem falta, sozinho não há brigas há vazio

Pergunta: por que, por que de tudo isso?
E não obter a resposta é a pior angustia que o coração sente

A saudade, a rotina, a vontade de sair correndo para a ex-vida é torturante
E para piorar, sempre alguém pergunta, e aí o coração aperta e olhar brilha

Não sabia que sofrer por amor era assim, ninguém me avisou
Agora entendo quando dizem que é preferível não amar

O que mais ouço é: dê tempo ao tempo, vai passar, não era para ser, tem coisa melhor te esperando

Mas agora meus olhos estão fechados, meu coração travado e não consigo entender tais palavras

Se tudo na vida tem explicação, queria uma, nem sei porque te amo, e o pior, te amei sabendo de todos os riscos desde o começo, mas não evitei....

Quem sabe Deus tenha a resposta, pois na terra não encontrei

Inserida por lucianadepaula