Renata Mulinelli: Saudade vale a pena! Conhecer é bom, se...

Saudade vale a pena!

Conhecer é bom, se envolver é bom, ter momentos é bom, se apegar, gostar, se entregar, conviver, se acostumar, confiar, perder é bom.. ÊPA! Como assim? Perder é bom desde quando Renata? Desde sempre.. Não que eu goste ou que qualquer outro goste de perder, mas sem perder uma vez aqui e outra ali, ninguém, jamais, valorizaria todas as outras etapas de antes..
Estamos lá, pra baixo, atiradões, desiludidos, com cara de cachorro que caiu do caminhão da mudança quando surge aquela pessoa divertida, magnética, misteriosa, atraente, compreensiva, super parecida contigo e que, ainda por cima, tá dando papo! Sem nem pensar duas vezes, ou, já meio manco e caleijado, com um receio e uma certa resistência, vamos nos soltando, nos mostrando, nos deixando descobrir e descobrindo o tal 'presente-que-caiu-do-céu-diretamente-na-tua-porta', quando vê já tem apelidinhos, música tema, filme que lembra, texto que lembra, cheiro que lembra, tudo que lembra e notamos a importância e a proporção que tudo tomou..
Damos risada sozinhos, achamos tudo lindo, pintamos o mundo de cor-de-rosa! Coisas corriqueiras que antes irritavam, hoje? Nem cócegas! Só queremos mais e mais e mais e.. acaba! Rápido assim, e então, espraguejamos, xingamos, colocamos (invetamos) mil defeitos na pobre criatura - que, tudo bem, nem sempre é tão pobre assim - e dizemos que nada presta, nada dá certo, enfim..
Sozinhos, lembramos, choramos, sentimos aquela dor sobre humana que damos o nome de "saudade", e então é tudo culpa dela! Sobrecarregamos a coitada de todas as nossas dores e a odíamos por isso.. Mas, um dia, ainda ou novamente sozinhos, nos damos conta de que nada faria o menor sentido sem a saudade..
Quem não sente saudade é porque não tem nada de bom pra relembrar, nada que tenha se permitido viver, nada para dizer que valeu ter vivido..
Quem não sente saudade é porque nunca sentiu verdadeiramente nada, nunca se doou a nada, nunca conheceu ninguém que ensinasse que só vale a pena ter e viver quando compartilhado..
Quem não sente saudade é fraco, é covarde, é "virgem de coração"..
Pois mais vale a dor da saudade do que o vazio de não ter vivido.

Inserida por renatamulinelli