Karine: Como uma andorinha no céu que voa sem...

Como uma andorinha no céu
que voa sem sentido
ou a migração das aves
que buscam sempre o melhor caminho

eu não saberia explicar
os motivos por que anseio
e espero com tanto medo
para meu caminho desenhar

não teria mais sentido
acordar amanhã cedo
se o sol não estivesse a brilhar
assim como a buca seria inutil
ao me procurar no espelho
e meus olhos não fitas

andando sem rumo
me perco no mapa
mas do que importa se minha alma chora
e eu não posso ajudar?

seria apenas um corpo sem alma
que busca sem saber
um motivo para viver
e descobre no horizonte
no mais alto dos montes
a beleza de amar
transformando seu caminho
sem rumo, forma e desejo
num traçado bem certinho
sabendo aonde quer chegar.

Inserida por kakabellas