Denis: Nobre vagabundo amor. Indo e vindo do...

Nobre vagabundo amor.

Indo e vindo do nada.
Procurando por pessoas.
Invadindo coração.
Parece coisa atoa.
E sem pedir permissão.
Às vezes faz confusão.
Atormenta nossa mente.
Da-nos tais sentimentos.
Que queima e dói por dentro.
E nos deixa vulnerável.
Fazendo assim de nós.
Escravos de um desejo.
Nobre vagabundo amor.
É assim que eu te vejo.
Mas ainda assim confesso.
Que sem ti nada podemos.
Precisamos ter sempre alguém.
É tudo que mais queremos.
Precisamos de ti amor.
Para o teu bem, nós vivemos.

Inserida por soudenis