Apolinário Justo: 21 - Um ampla reforma na conceituação...

21 - Um ampla reforma na conceituação da pena levaria, finalmente, os corruptos a uma segregação exemplificadora. Do jeito que está, os crápulas riem de norte a sul.


22 - Corajosamente, povos inteiros entregaram-se ao cadafalso, em detrimento à capitulação. Trata-se de repúdio contundente à expectativa de transformarem-se em escravos.


23 - Repugno a estratégia dos que titubeiam. Nunca saem da casamata; jamais disparam tiros. E adoram acordo de comadres!(1987 - Pelotas)


24 - As virtudes são graças conquistadas por poucos. Na maioria dos casos, o que vemos são arremedos de virtuosos, para cujo exercício se prestam alguns visando retorno redobrado.(Pelotas, 1987)


25 - O crápula é ridicularizado pelo travesseiro, na hora de dormir.


26 - A ardência das baixezas anda a substituir a dos ideais.


27 - Faz muito tempo, mas muito mesmo, que ressoam discursos citando fábulas de roedores.(1986 - Pelotas - RS)


28 - Minhas fúrias restringem-se às ameaças à minha liberdade.(Porto Alegre - 1985)


29 - Há quem prefira colocar o circo no fogo. Incendeia mais depressa.


30 - O talento dos déspotas tampona a boca dos livres; nunca o seu pensamento.(Campo Novo, RS - 1977)


31 - Estou convicto do perigo em que se constituem as certezas absolutas.(Campo Novo, RS, 1977)


32 - Há pulhas de sombreiro esperando a banda passar. Deve ser angustiante.(Porto Alegre, 1985)


33 - Justiça de compadres é como galinha atropelada: de moral, nem as penas se aproveitam.(Pelotas, 1986)

Inserida por klekle12