Anne Caroline Barbosa: Sonhos de Areia Pisando com pés...

Sonhos de Areia

Pisando com pés molhados na areia macia
Imersa na imensidão dos meus pensamentos
Tortos, paralelos, cheios de vontade
Vou caminhando, correndo, me perdendo
A noite vai virando dia
Nasce o sol que me incendeia
Vai secando a areia
Carregando meus sonhos pra longe
Onde não bate a luz, nem chegam os pés
Só chega a solidão nas asas da paixão
Vai pra longe, pra ser esquecida, pra sanar a ferida
Pra deixar em paz os pés que agora caminham na areia seca
Caminho de quem nunca foi feliz

Inserida por carolbarbosa