Francisco Assis Melo: A felicidade está em você! Não...

A felicidade está em você!

Não procure a felicidade nos outros, nem em coisas ou acontecimentos.

Pois ela está dentro de você. É um estado de espírito, fruto de sua paz interior.

Viver cercado de amigos, ao lado de uma pessoa que ama e que o ama, é muito importante e preenche sua vida e seu tempo mas nem sempre garante sua felicidade.

Conquistar espaços e realizar-se profissionalmente pode assegurar uma vida estável e cômoda. Mas não a felicidade.

Viver emoções e experiências, participar de atividades prazerosas, proporciona bem estar mas não é o suficiente para lhe fazer completamente feliz.

Você deve estar se perguntando, como não? Se tudo o que precisa para ser feliz são amigos, alguém que ame e que o ame também, uma vida estável e sem preocupações, coisas agradáveis para preencherem seu tempo.

Talvez devesse ser simples assim. Mas infelizmente não é. Pois são muitas as dúvidas e preocupações que permeiam a vida e as relações pessoais.

E talvez você viva preocupado com o que as pessoas pensam a seu respeito e de suas atitudes, e por isto nem sempre age com autenticidade nem vive como gostaria, tudo para agradar os outros e evitar as temidas críticas, que o deixam tão chateado. E viver de aparências, hipocritamente, sem coragem de assumir sua verdadeira personalidade, não faz ninguém feliz.

Também não tem tanta certeza assim se seus amigos são verdadeiros ou se apenas estão ligados a si de forma interesseira, pelas facilidades que possa lhes conceder por sua posição social e profissional.

E mesmo tendo conquistado o suficiente e seja bem sucedido profissionalmente, sempre haverá aquela frustração por não ter conseguido mais, o tanto quanto outras pessoas de suas relações.

E ainda bate aquela insegurança em sua relação amorosa. Incertezas sobre ser o seu amor correspondido.

E quem vive cheio de dúvidas e incertezas nunca está em paz consigo. Não estando em paz não é feliz.

Somente no momento em que aprender a viver com autenticidade expondo suas idéias e seu modo de ver as coisas, sem receio de críticas nem julgamentos, senão o de própria consciência e dentro dos limites do respeito ao próximo, e aprender a agir do mesmo modo em relação às outras pessoas, aceitando-as como são;

a conviver com os amigos reconhecendo que são tão humanos e cheios de defeitos e qualidades quantos os seus, o que não os faz mais ou menos verdadeiros, apenas amigos. E que são importantes em sua vida;

quando aprender a contentar-se com o que conquistou e com as coisas boas que lhe proporciona, e que ao buscar mais ainda o faça desprovido dos sentimentos de inveja e despeito, apenas movido pelo prazer da conquista;

e viver o amor por outra pessoa na perspectiva da doação e da busca mútua e constante do ser feliz, sem os sentimentos egoistas da troca e da posse,

terá adquirido sua paz interior.

E de repente descobrirá que a felicidade que tanto buscou em pessoas, coisas e acontecimentos estava ali o tempo todo. Dentro de você.

Pois felicidade é um estado de espírito, fruto da paz que construímos dentro de nós e que nos faz viver em harmonia com os que nos cercam e com o universo.

Inserida por NumberOne