Bárbara Zelnik: Se não é amor ,penso então que seja...

Se não é amor ,penso então que seja da mesma familia,veio de forma sutil e agradavel,me faz tão bem quanto sede e água,cansaço e cama ,fome e comida .. digo assim porque sentimos sede , necessidade e fome de amor, carência de ter um bem que pense mais em você do que nele mesmo,de deitar do lado quietinho quando precisamos de calor,de uma mão em momentos que nos encontramos verdadeiramente aflitos,desesperados.Se não é amor ,penso então que seja da mesma familia,pois não há satisfação maior do que um olhar contagiante e sincero como esse,somos tão pessimistas que quando brigamos,armamos discussões,já não dá mais , é hora de ficar sozinho , não vemos que não era uma briga era AMOR, não era uma discussão era AMOR ,não era ciúmes era AMOR,não era medo era AMOR, não era tarde era Amor,não era inverno era AMOR,não era só um sorriso era de verdade o amor,o unico remedio que você esqueceu que não se compra e sim se constrói,o único sentimento que não exige apenas pede.É preciso entender que ninguém vem perfeito pra nós,não podemos arrepender por um amor dado,sempre fará parte arriscar-se por um sonho ,mesmo que por alguma mudança do destino você venha a sofrer.O amor é feito de várias fases e enigmas,enfrenta-lo não é resolve-lo para resolver precisamos muito mais do que enfrentar,precisamos da ajuda de alguém que consiga pegar em nossas mãos e encontrar conosco um caminho seguro para resolver tal situaçao,mais quando se está só e nem ao mesmo o enfrenta ele acaba nos devorando,não precisamos de dinheiro,não precisamos de inumeras pessoas ao nosso redor porque não precisamos de ser carregados e sim de uma companhia que nos faça levantar sozinhos,não precisamos de andar de maõs dadas por ai,e sim de um abraço quado o coração as vezes chega a apertar,precisamos de um sorriso encantador,de um beijo sonhado e de verdade do que não precisamos é de sofrimento,em troca disso poderiamos agradecer por ter conhecido alguém amavel e por toda companhia que ela lhe fez ,em um momento que você tende admitir que foi feliz.
Ai sim quando você encontrar o verdadeiro amor,você vera que é inutil sofrer .. ai é sua vez ;
vez de perder a cabeça,de perder a hora de morrer de amor,hora de se entregar,hora de chorar para alguém aliviar sua dor,hora de alguém lhe tirar o sono,lhe enxer de desculpas por ter atrasado,hora de saber que não precisamos de uma pessoa que fiquei 24 horas do nosso lado mais que esteja a vida inteira dela esperando pela gente,hora de ver que precisamos de uma pessoa errada para nós mesmos lapidar esse amor e transforma-la na pessoa certa.Há um momento na vida que sentimos isso,é quando você aprendeu a amar!

Inserida por barbaraz