Diego10000: 1° - TESTE DE IMAGINAÇÃO Coloca-se o...

1° - TESTE DE IMAGINAÇÃO

Coloca-se o paciente em pé com os dois pés bem juntos, de costas para você explicando que trata-se apenas de um exercício, um teste de imaginação e que ele deverá prestar bastante atenção ao que você lhe está dizendo, você deverá falar calmo e com tom positivo. "Por favor, feche seus olhos e relaxe, feche seus olhos e relaxe, vamos iniciar um exercício de imaginação. Não deixe que outros sons te incomodem; você deverá prestar bem atenção somente ao que eu vou te dizer. Seus braços estão totalmente relaxados, seu braço direito, pense no seu braço direito totalmente relaxado, agora no seu braço esquerdo, pense no seu braço esquerdo totalmente relaxado. Você só poderá abrir os olhos quando eu tocar em sua testa." Continue dizendo em tom monótono e calmo: "Imagine agora que você esta em uma praia, uma praia tranqüila, com areias brancas e água azul, areia brancas e água azul, as ondas, a espuma das ondas, as ondas estourando na praia, uma praia tranqüila, com areias brancas e água azul. Imagine agora um barco, um barco que está sobre a água, e as ondas que balançam este barco, um barco sobre a água e as ondas balançando este barco. Se imagine dentro deste barco, em pé, se imagine dentro deste barco em pé, e as ondas que batem em seu casco, as ondas batendo em seu casco fazendo o barco sacudir, fazendo o barco sacudir muito, você em cima de um barco cujas ondas fazem ele sacudir muito, sacudindo para frente, para traz, sacudindo cada vez mais, sacudindo para um lado, para o outro, sendo muito difícil permanecer em pé pois o barco está sacudindo muito, cada vez mais." Continuar a repetir tais afirmações até o ponto em que o paciente, inconscientemente, comesse a se balançar. Toque então em sua testa suavemente e diga para ele abrir os olhos. Pergunte se está tudo bem e qual foi a sensação dele.

2° - QUEDA PARA TRAZ.

Coloque suavemente as mãos sobre as costas do paciente, na altura dos ombros e inicie dizendo: "Estou colocando minhas mãos apoiadas nos teus ombros, imagine que elas são poderosos imãs, poderosos imãs que estão te atraindo, estão te puxando para traz. Não reaja, pois a força de atração é muito forte, quanto mais você reage, mais eles te atraem, mais eles te puxam para traz, não tenha medo, os imãs são muito poderosos e te atraem para traz, cada vez mais estão te puxando." Repetir tantas vezes quanto forem necessárias tais afirmativas, até que o paciente começa a pender para traz, quando então você toca suavemente em sua testa e ordena que este abra os olhos.

3- MOBILIDADE DOS BRAÇOS.

Coloca-se o paciente em pé com os dois pés bem juntos, de costas para você ou sentado, explicando que trata-se apenas de um exercício de relaxamento e imaginação e que ele deverá prestar bastante atenção ao que você lhe está dizendo, você deverá falar calmo e monótono, com tom positivo. "Por favor, feche seus olhos e relaxe, feche seus olhos e relaxe, vamos iniciar um exercício de relaxamento e imaginação. Não deixe que outros sons te incomodem; você deverá prestar bem atenção somente ao que eu vou te dizer. Seus braços estão totalmente relaxados, seu braço direito, pense no seu braço direito totalmente relaxado, agora no seu braço esquerdo, pense no seu braço esquerdo totalmente relaxado. Você só poderá abrir os olhos quando eu tocar em sua testa." Passe suavemente seus dedos ao longo do braço esquerdo do paciente e diga: "Pense agora somente no seu braço esquerdo, somente no seu braço esquerdo, imagine que ele esta muito leve, cada vez mais leve, muito leve, leve como uma nuvem, leve como uma nuvem branca e bonita e como teu braço está muito leve ele está se elevando, pois nele está amarrado um balão, em seu braço que está muito leve, está amarrado um balão, um balão muito grande e bonito, um balão muito grade e bonito que está levantando o teu braço, imagine que teu braço está levantando, não tente resistir, pois a força do balão é muito grande e ele levanta o teu braço, cada vez mais levanta o teu braço." Continue repetindo tantas vezes quanto forem necessárias tais afirmativas, até que o paciente comece a levantar o braço, quando então você toca suavemente em sua testa e ordena que este abra os olhos.

4° - LIGAÇÃO DAS MÃOS.

Coloca-se o paciente em pé com os dois pés bem juntos, de costas para você explicando que trata-se apenas de um exercício, que ele não deverá temer nada, que ele deverá prestar bastante atenção ao que você lhe está dizendo, você deverá falar calmo e com tom positivo. "Por favor cruze seus dedos com os braços bem esticados à sua frente, de forma que os dedos da mão direita estejam bem unidos aos da mão esquerda; agora vire a palma das mãos para frente, sem separar os dedos; coloco suas mãos sobre a cabeça, com os dedos o mais fortemente unidos. Feche seus olhos e relaxe, feche seus olhos e relaxe, você só poderá abrir os olhos quando eu tocar em sua testa; vamos iniciar um exercício de imaginação. Não deixe que outros sons te incomodem; você deverá prestar bem atenção somente ao que eu vou te dizer. Suas mãos estão totalmente unidas, contarei até cinco, e quando eu terminar, será impossível separar os dedos.
Nesse momento o paciente tenta soltar as mãos, sem sucesso, você toca suavemente sua testa, manda abrir os olhos e soltar as mãos. Caso algum paciente mesmo assim não consiga, você mesmo as soltará manualmente, dizendo que este resultado é totalmente normal.

Inserida por diego10000