Luíse Matheus: Eu sei que não o amava tanto quanto...

Eu sei que não o amava tanto quanto passava, mas amava-o quanto podia, o quanto era permitido, além do que o meu torpor me permitia.... Frase de Luíse Matheus.

Eu sei que não o amava tanto quanto passava, mas amava-o quanto podia, o quanto era permitido, além do que o meu torpor me permitia.

Inserida por Luuhmatheus