Hippiebruno: o poema é como um perfume que precisa...

o poema é como um perfume
que precisa se extraido...
minha mente é a flor que se abre!
o vento é minha caneta "sempre de luto".
-vinte e três essências.
o poema é uma combinação de letras
que o vento mistura ...
e o tempo leva.

Inserida por hippiebruno