Marcus Vianna: Para Onde? O mestre não me determinou...

Para Onde?

O mestre não me determinou um caminho a seguir. Disse-me apenas, que o importante, seria o conteúdo de minha bagagem ao final da grande jornada pela vida, e que por isso, teria me dado o livre arbítrio.

Caravelas, 04 de abril de 1999 (Domingo de Páscoa)

Inserida por vianna70