SANDRA MELLO-FLOR: ADEUS AMOR Como um vento gelado de uma...

ADEUS AMOR

Como um vento gelado de uma tormenta
Que carrega as folhas secas do chão
Levando embora sem pedir licença, sem piedade
Em qualquer noite de chuva de nenhuma estrela
Eu vou te tirar dos pensamentos e não deixarei
Nenhuma porta, nenhuma fresta para tu entrar,
Vou te tirar do dos meus olhos do anoitecer
Eu te retiro do meu coração da minha vida
E quando amanhecer e o sol romper do dia
Eu guardarei tuas mentiras teus poemas tuas fotos
Limparei teu o teu cheiro e abrirei novamente a porta
Do meu coração á um novo amor e deixarei entrar

Sandra Mello flor

Inserida por sandramello6