Augusto Cury: Morte. Não lhe peço que silenciem a...

Morte.

Não lhe peço que silenciem a sua dor, mas que silenciem o desespero.
Não espero que estanquem suas lagrimas, mais estanquem os altos níveis de angustia. A saudade nunca é resolvida, mais o desespero deve ser aquietado, pois não honra quem partiu.

Augusto Cury
O vendedor de Sonhos...
Alexandra Jardim

Inserida por alejardim