Victor Segalen: Descansa do som no silêncio, e do...

Descansa do som no silêncio, e do silêncio digna-te tornar ao som. Sozinho, se souberes estar só, deixa-te ir por vezes até à multidão.

Inserida por agf