Rodrigo Pinheiro de Faria: Sem forma e vazio... Contradições Um...

Sem forma e vazio...


Contradições
Um temor que esconde desejos
A duvida
Que consegue mentir e enganar
O inicio de todos os medos
A raiz de todas os males
Queremos
Mas não podemos
Acontece
Mas não podemos mudar
Às vezes mudamos
Mas o passado não
A incerteza nos culpa
É quase por acaso que tudo começa
A angustia
A insuficiência de não mudar as circunstancias
O tempo
O atributo da inconsistência
A verdade
Mais forte que a realidade
Tão fraca quanto os segundos...
É difícil mudar o que somos
O que temos
O que desejamos
O que sentimos no mais profundo do âmago...
O ofuscante brilho nos olhos da morte
Irrevogável
Como o grito da criança que acaba de nascer
Todos sujeitos ao medo do desconhecido
O futuro
Sem forma e vazio
No qual o espírito paira como que na face das águas
O qual falta a essência do nosso ser para preencher...

Inserida por parabolador