Rodrigo Pinheiro de Faria: Nos olhos de meu anjo... Nos olhos de...

Nos olhos de meu anjo... Nos olhos de meu anjo Vejo aonde não posso chegar Aonde os sonhos jamais me levarão Onde o coração jamais baterá Onde a brisa leve nunc... Frase de Rodrigo Pinheiro de Faria.

Nos olhos de meu anjo...

Nos olhos de meu anjo
Vejo aonde não posso chegar
Aonde os sonhos jamais me levarão
Onde o coração jamais baterá
Onde a brisa leve nunca tocará meu rosto
O cheiro do tempo
Mesmo que próximo
Jamais chegarei...
Nos olhos de meu anjo...
Vejo o que jamais serei, o que levarei pela eternidade
A lembrança de seu sorriso
O bater de seu coração, perto ou longe de nós dois... No nosso amor...

Nos olhos de meu anjo.

Inserida por parabolador