Adolpho Morales: Exageros? A escolha mais simples é nada...

Exageros?

A escolha mais simples é nada escolher.
Confesso que também fiquei indignado com a idéia na primeira vez que a li. E veja que fui eu quem a escreveu.
Mas, se devidamente contextualizada e com pitadas de transparência, sem dúvidas, este percurso é eficaz temporariamente.
Abstrair resultados, reflexos e conseqüências soa como algo egocêntrico demais para os grandes altruístas emocionais. Entretanto, o envolvimento entre modernos exige cada dia mais o controle. Diagnóstico saudável dos primeiros emplastros.
Tudo é aventura, tudo é novo, tudo é instigante e imutável.
O excesso de informação sempre seguiu o rastro do excesso de amor. Exatamente. Da mesma maneira que a erupção diária de informações gera a desinformação, os devaneios de amor romântico desenfreado dão à luz a fraqueza do sentimentalismo.
Para desfrutar ao máximo de tais adventos é necessário saber como captar as essências realmente desejadas e importantes, aquelas que fazem cada um crescer e evoluir, mesmo que temporariamente.
Não é necessário ceder, não é necessário mudar. Não é necessário ao menos parecer ou ser real.

Inserida por adolphomorales