Sofia Duarte: Das minhas mãos escorria o sangue...

Das minhas mãos escorria o sangue desenfreado daqueles que não me diziam o que eu procurava. Lhes causava lentamente cada traço de dor que ia torturando-me bem na minha alma, procurando neles as respostas que constantemente se questionavam em mim mesmo.

Blog movido para :

http://salvatore-e-emma.blogspot.com

Inserida por SofiaDuarte