Franciane Costa: (...)O que eu senti não foi saudades,...

(...)O que eu senti não foi saudades, foi apenas uma lembrança de um passado, que, diga-se de passagem, ta morto e enterrado tanto para mim, quanto para você. Amém!

Inserida por francicosta