Tamara T Guglielmi: Alguém Lá no alto da colina, onde o...

Alguém

Lá no alto da colina, onde o vento frio da noite
toca a alma e congela os corações,
alguém esvazia sua essência e grita por clemência.


Na escuridão do medo, na impafia
dos desejos, na inquietude da imperfeição,
a alma de alguém clama por paixão.


Em meio a multidão, sentindo tamanha
solidão, alguém caminha perdido, sem saber
o que exatamente quer e para onde deve ir.


aprisionado pelo rancor alguém grita,
alguém chora, alguém pede socorro,
alguém prega a dor e nega o amor.


envoltos por uma bolha, os sentimentos de alguém
pedem piedade, pedem liberdade, e, alguém só
quer poder dizer: Salve-me.
Alguém só quer poder
dizer: Ani ohev otach.

Inserida por tamaratatiane