Selma Ferreira: Hoje me sinto como o nada dentro do nada...

Hoje me sinto como o nada dentro do nada e nesta inanidade apenas a morte.

Inserida por Jadore