Carlinhos: Quando entraste sem pedir licença...

Quando entraste
sem pedir licença
Acomodou-se
em meus braços
Sem medir espaços
Devagarinho me tomou
Fez da minha vida um paraíso
me tens a qualquer hora
sou dependente, teu escravo
E agora se não te acho
Nestas horas inertes
sinto tua falta
Quando não preenche
teu espaço
Sinto-me só
desabo…

Inserida por carlos13adriano