Keidy Lee Jones: Melancolia O arbítrio me cerca A...

Melancolia

O arbítrio me cerca
A realidade é a mesma
Fico sozinha curtindo minha melancolia
É livre, é preso, só, seco.

O que posso fazer?
Como um pássaro sem destino
Curto ou longo,
Momentos sós, a sós
Não quero ficar, também não quero ir
A dúvida existe, então pra que mentir?

Quero um talento
Só eu não quero, não posso
Só quero viver
Já nem quero mais
Nada muda, as mudas são as mesmas
A hora, o canto é anacrônico.

Os sorrisos, os choros e o mundo
É a vida, a gente entende e fica
Preso, solto, o rio corre solto
Da forma que a vida corre ou não corre
A tristeza acontece
O oposto do seu sorriso
E a gente nem entende, aceita;
Nem se conforma, mas fica.

Inserida por lee