Igor Rocha de Jesus.: Como é engraçado o que sentimos quando...

Como é engraçado o que sentimos quando a pessoa que amamos não esta próxima de nós,
mais ainda é quando essa pessoa nem ao menos conhecemos pessoalmente.

Há tempos que meu coração não sorri como ele sorria ao lhe ver.

Olhos tão sinceros, a paz que seu olhar me trazia era tão enorme que parecia eterna.

A solidão que o amor deixa quando é despedaçado é tão ruim.

Não a olhos que aguentem tanta pressão.
Não a coração que viva em tanta escuridão.

Dor tão malvada que atormenta.
Te fazendo lembrar do passado onde tudo ao menos pareceu real.

Que vida cruel, maltrata tanto o coração.
Nos traz tanta beleza e simplesmente a leva tão rapidamente como traz.

A vida é tão complicada e tão simples ao mesmo tempo.
Será que existe amor?
O que é o amor?
Tanto sentimentos que não se distinguem um do outro.
O que é amar?
Será que é querer a pessoa amada bem?
Ou apenas a querer para si mesmo?

Promessas.
Sonhos.
Dores.
Amores.
Vida.

Agora vejo que minhas lágrimas não valem nada.
Nada volta no tempo.

Será para sempre assim, sombrio, frio, solitário

e escuro.

Inserida por ByM4n4g3r