Ezequias de Almeida Lopes: Lembranças já volto Alegro-me em saber...

Lembranças já volto

Alegro-me em saber
Que agora deitada dorme
Seus lábios cerrados,
Silenciosos em sua beleza.
E num compasso delirante
Respiras,
junto com o velho relógio na parede.
Seu corpo nu; sob um lençol de sonhos
apenas dorme.
Enquanto eu
Em verdes campos
Cavalgo, já é noite,
E a lua é meu astro guia,
Mergulhado em pensamentos, nos quais só existe você
Deixo meu cavalo seguir pelos errantes caminhos.
Continue,
durma ,
mas não se esqueça
que ao amanhecer , bem cedo junto a aurora
estou chegando.

Inserida por Zecak6