Johnantan P Gonsalves: Camocim: Terra Amada Terra amada, onde...

Camocim: Terra Amada

Terra amada, onde outrora,
Como um doirado vergal
Brotaram as lendas da raça
Sob o estrelado do céu
Onde seus indígenas no fundo
Fazem codinome ao pote
Buraco de enterra defunto

O Camocim é a Terra
Prometida a humanidade
Para alegria do amor
Para angustia da saudade
Terra bendita onde Deus
Deixou com os carinhos seus
O fruto da liberdade

Recanto de minha terra
Que Gabriel tanto amou
Eu vou traduzir em torvas
O que aqui ele transformou
É meu tributo e homenagem
À raça valente e selvagem
Que o tempo não apagou

Nas terras Camocim
Habitara antigamente
Uma guerreira família
Raça brava e valente
Entre as quais Sr. Gabriel
E seus tutoianos descendentes
Amaram-na constantemente

129 anos se foram com o tempo
Desde sua vinda pra cá
E como hoje, sempre vamos lembrar.
Que sem prata ou ouro
Veio com sua garra e potencial
Transformar essa historia num grande tesouro

Assim já dizia o filósofo
Para se ter um bom profeta do futuro
Perto dele o passado deve estar
Mas não esquecendo do presente
O que hoje se tem por cá
Suas maravilhas devem mostrar
Para o povo apreciar

Camocim, cidade de lindas praias.
Lagos, rios e lindos coqueirais.
Que resplandece sua beleza
Na beira mar de seu lindo cais
Por ter essa magnitude
É uma das mais lindas virtudes
Recorda-las é bom demais

Também não era pra menos
Ceará é lindo também
Terra da luz de belas paisagens
Das quais muitas Camocim tem
Essa cidade linda faz
O povo que vem visitá-la
Não quer deixá-la jamais

Mas não são só estes pontos turísticos
As maravilhas que por aqui se tem
Tem um acervo cultural
Um grande padroeiro também
Artesãos de todos os tipos
Festas populares e recreativas
Camocim: Terra do bem

E quem gostar de ler
Muitos livros bons têm sim
Sotero, Cardeal, Ana e Roberto Pires.
Escritores que os marcaram aqui
E nessa brava viagem contam
Na luta e na busca da coragem
A historia da Glória de nossa Camocim

Sentado a nossa beira mar
A ver um lindo nascer do Sol
Saindo entre as dunas além do ar
Magnífica e fantástica sensação
Os nativos daqui dizem
Sem medo de perder a bênção
Que és realmente a melhor obra da criação

Mas o porquê falar assim
Retratando com virtude, Camocim.
Talvez o motivo e a razão
É falar com emoção
Cheio de amor e dedicação
Dos belos pontos dessa cidade
Da magnitude dessa linda região
É! Vamos dá uma escapadinha!
Um pulo bem diferente
E falar da região
Que mora no meu coração
Limpa, bonita e urbanizada.
O ar que aqui respiramos
É o ar de um verdadeiro cidadão

Euclides Pinto Martins¿
Espera, desse eu me lembro,
É aquele pioneiro
De quem Camocim deve-se orgulhar
Acertou quem nisso pensou
Um forte guerreiro
Um grande nativo do lugar

Pioneiro de quê, hei?
Quem não sabe disso
Assim deve-me perguntar
E foi quem pela primeira vez
Colocou um avião no ar
Foi um ato corajoso e perigoso
Mas historia-o fez

Por esse motivo e razão
Tem seu nome marcado
Na biblioteca municipal
E na praça do mercado
Podem-se passar gerações
Mas pelos nossos cidadãos
Sempre será lembrado

Saindo deste herói aviador
Camocim mais filhos ilustres tem
Muitos deles fizeram história também
E que por aqui marcaram
Seja na literatura, cultura ou esporte.
Demonstraram seu potencial e sua glória
E eles lhe consagram

Voltando as nossas obras literárias
E por falar literalmente
Dessa você não vai esquecer
Obras que marcaram nossa imagem
Muitos poetas Camocim consagraram
E que através de versos intensificaram
Nosso povo, raça, costumes e linguagem.
Você que gosta de quadrilhas
Na nossa cultura tem de montão
Beira Lixo e Luar João Ramos
Esta é a nossa maior sensação
Ao assisti-las jamais esquecerá
Pela beleza de sua dança eternizar-lhe-á
E guardá-la-á em seu coração

Temos uma grande diversidade cultural
Não são sós pelos seus pontos visitados
Mas pelo seu povo em geral
Este povo sensacional
Que transforma essa cidade
E em Fevereiro de todos os anos
Dar-se o melhor no Carnaval

Quem mora aqui tem orgulho
E os turistas também
Pois são eles que observam de perto
As belezas que Camocim tem
E levam-nas para o mundo admirar
E o mundo não deixa de apreciar
E logo pra cá vem

Camocim, a você meu parabém.
Você que contou e mostrou a mim
E nesse momento de glória
Agora interpreto a ti
Que tu sejas sempre assim
Nossa bela cidade linda
A melhor que Ceará tem

Não sou poeta e nem quero ser
Mas as belezas daqui lhe oferece
Espero que tenhas gostado do que acabaras de ler
E que no ano que vem vou contar com você
Para mais uma vez
De Camocim lhe falar
E você jamais vai esquecer.

Inserida por Johnantan