Dona Geo: Doía em mim observá-lo, como sentir o...

Doía em mim observá-lo,
como sentir o que sentia aquela alma,
era escutar seu sentimento

"Sou um romântico decadente,
vítima do meu próprio ideal.

O amor que me era tudo
faz de mim agora um nada".

Não poderia eu nessa hora dizer qualquer palavra,
nada que o confortasse,
qualquer coisa soaria como
a pregação de um ateu...

Inserida por bellerestel