Marê Glenda: Às vezes o medo, a falta, a angústia...

Às vezes o medo, a falta, a angústia é tão grande, que deixamos algo que gostamos muito! Por mais que tento esconder, fingir, tentar mostrar que está tudo certo, que eu fiz a coisa certa ... dentro de mim, os sentimentos dizem ao contrário. Não adianta, só largue e deixe, se não sentir mais nada. O amor, pode ser complicado, sofrido, mas sempre é companheiro, em qualquer lugar que estejam. O medo que me atinge, me leva a ver, que estou aos poucos, me entregando a esse amor de novo .. eu quero, eu preciso do meu amor. Perto ou longe de mim, ela é perfeita mesmo assim! Pensei, refleti... que o melhor pra mim, é ter você mesmo assim!

Inserida por danielafilipini