Wanessa Araújo: AS MAL COMIDAS Certa vez eu li que...

AS MAL COMIDAS

Certa vez eu li que mulheres mal comidas podem ser mais destrutivas do que as mais poderosas ogivas nucleares. Só que é esquecido um pequeno detalhe: Elas destroem a si mesmo porque geralmente as pessoas as quais elas estão interessadas em incomodar estão dando de ombros.

Acho que a qualidade que é mais admirada em uma mulher é a confiança. Uma mulher que “confia no seu taco” não está preocupada com o que as mal comidas pensam, falam ou fazem; até porque geralmente as mulheres mal amadas, mal comidas, recalcadas (ou classifique como quiser) estão sempre tentando alfinetar a bem amada, bem comida e feliz. E na maioria das vezes, falham nas tentativas.

A tentativa de destruição vinda de uma mal amada é imperceptível a uma mulher bem comida. A mulher mal comida vive aquela sensação de “querer gritar mas ninguém ouve”. E é o que de fato acontece. Ela faz uma pirueta que só ela percebe, porque as pessoas que elas querem atingir nem percebem. As pessoas felizes não olham para pessoas desse tipo por mais que elas tentem chamar a atenção.

Há vários “adjetivos” que compõem uma mulher mal comida.Geralmente são azedas, chatas, ranzinzas, recalcadas, infelizes, invejosas.A lista é interminável, pode ter certeza!

Acho que o que torna uma mulher mal comida é a dificuldade de viver o presente e o futuro. Dificuldade de aceitar que o passado não existe mais e nem tem volta, passou... por isso damos o nome de passado! E se passou é porque não tinha que ser ou por vontade sua ou de outrem, mas o fato é que acabou.

Esse tipo de mulher precisa de amor-próprio e confiar em si mesma pra conquistar um futuro feliz. Olhar pra frente e descobrir a quantidade de homens que tem por aí “dispostos a lhes dar um belo trato” pra que elas deixem de ser então essas “ogivas nucleares”, recalcadas e infelizes.

Quem sabe se quando elas encontrarem o amor-próprio não se tornem mulheres confiantes, felizes, radiantes, amadas, gostosas, sexys e até “bem comidas” ?

Toda essa felicidade acima faz parte da vida das denominadas MULHERES DE TALENTO. Exatamente como essa mulher que vos escreve... hahahahaha

Não custa tentar ser feliz. E assim, pelo menos, se contentar em ver as pessoas felizes.

Inserida por wanessaaraujo