Bruno Souza: Este talvez seja EU... Que saco tentar...

Este talvez seja EU...

Que saco tentar se descrever.
É chato e muito difícil.
Sou simples como minhas palavras são.
Qualidades exibidas e defeitos escondidos como qualquer um.
Uma vez uma pessoa muito sábia me disse:
“-Nós gostamos das pessoas por suas qualidades, mas a amamos por seus defeitos.”
Frase interessante. Não?

Onde está o botão de desligar, ou o de reiniciar tudo.
Pois juro que pareço ter errado desde o início.
Nunca é tarde! Mas, será mesmo?
Jogo perigoso este. Mas, por que não joga-lo.
Daqui a pouco acaba e neste não dá pra jogar novamente.
Então pra quê perder tempo?
O chato é quando não se tem nem onde se perder este tempo.

Estou esperando... Não sei ao certo o que, mas esperando...
Às vezes fico sem ar e nem sei o motivo.
Às vezes fico triste e me sinto muito só.
Não consigo me acostumar a isso, e acredito que nunca vou precisar.
Quando estou fraco me reservo, não gosto que me vejam assim.
Não sei dizer mais te amo e temo dizer te odeio.
Na pior das hipóteses temo ouvir qualquer uma dessas palavras.

Antes de me pré-julgar, me pergunte o porque de eu ser assim.
Antes de achar que me ama me fale isso para que eu também possa te amar.
Antes de dizer que estou errado leia novamente a questão.
Antes de pensar em me conhecer fale comigo por que eu quero conhecer você.
Antes de tentar me entender me abrace, pois num abraço você saberá tudo de mim.
Antes de me agredir me beije, pois se você me beijar e me deixar você já terá acabado comigo.
Antes de me odiar me ame, pois só depois disso você poderá sentir algo tão forte como o ódio por mim.

Inserida por bkssouza