Alfredo Freitas: Menina que apareceu derrepente, E...

Menina que apareceu derrepente,
E derrepente, mexeu com algo que,
Jamais tinha sentido.
Menina dos olhos da cor céu,
Dos cabelos dourado,
Da voz serena que e sentida pela alma,
Menina que jamais terei,
Sonho de todo garoto apaixonado,
Garoto voado que perdeu sua amada,
Menina da pele macia,
Por onde passas e a mais notada,
A mais querida,
A mais desejada,
Que jamais a terei,
Minha amada.

Inserida por alfredofreitas