Daniel Corumbá: Viajo na memória, lembro de nós,...

Viajo na memória, lembro de nós, quando percebo, a regressão me levou até ti em algum lugar, não importa, agora posso te ver.
Onde tuas mãos ainda me tocam,
Ainda posso sentir o teu perfume,(...ah, são as noites que passamos juntos)...,
espaço que não tem fim,
minha boca se cala diante da tua
e somente lá, elas se chocam
a minha e a tua.
Agora teus graciosos braços me empurram,
e minha boca suave e doce diz adeus...
caio na razão!

Inserida por corumba