Rodrigo Onofre: Amor?! Paixão!? O que será?! A partir...

Amor?! Paixão!?

O que será?!


A partir do momento em que você se entrega ao amor, você deixa de lado o mundo banal, se transforma em outra pessoa, uma pessoa capaz de fazer tudo, de se entregar de corpo e alma para a pessoa a quem você diz estar amando.
O amor te deixa cego desiludido, você já não enxerga mais aquilo que você enxergava antes, você passa a ter uma meta a cumprir e tem uma pessoa pra te ajudar a cumprir essa meta.
Você acha que seria capaz de dizer que ama alguém, você seria capaz de chegar perto de uma pessoa, olhar dentro dos olhos dela e dizer que a ama?
Até que ponto você suportaria, dessa pessoa? E até que ponto você pode viver sem ela?
São perguntas simples, mas com um grau de intelectualidade muito grande.
No dia que for capaz de respondê-las, vá até a pessoa a quem você pensa, brinca, abraça, fica feliz por estar perto, aquela pessoa que você chorou no ombro dela, que ela desabafou pra você e disse que você era muito importante, e que fazia parte da vida dela, não seja ingênuo, diga que ama alguém, nem que seja um simples gesto de amizade, até um amor derivado das chamas da paixão.
Olhe para dentro de você e procura você mesmo, olhe pra dentro de você e pergunta: Eu amo?
Peça ao coração para que responda essa pergunta, afinal, só ele sabe responder o que é o amor!? O que é amizade!? Quem são seus amigos!? E o mais importante, que você sempre tem que esta perguntando a ele é o que é a PAIXÃO? E sempre que possível você olhar pra dentro de você quando sentir aquela coisa estranha, e perguntar será que é o amor ou será que é a paixão?
Só ele sabe te responder essa pergunta, não é um amigo seu nem seu próprio conceito, mas sim o seu CORAÇÃO.
Ame, se apaixone, viva a vida com intensidade. Sorria, chore, grite, pule, e viva a vida mais feliz, com quem sempre esta do seu lado.
Mas viva o hoje, porque o amanhã pode ser tarde. “O ontem já passou, o amanhã não nos pertence”, nem nos cabe, a saber, o que será de nós.
As pessoas devem se olhar mais, se amar mais, não observar o que as pessoas fazem, olhe pra você, em situação você está.

Inserida por rodrigonofre