Edson ricardo paiva: tão distante quanto o monte que se...

tão distante quanto o monte
que se perde no horizonte
presente no vapor
aonde o céu encontra o mar
o vento que carrega
a nuvem do seu pensamento
que vive no momento
mais distante que lembrar
lembrar que é tão florido
seu passado colorido
saber que é menos triste
recordar erro recente
que o tempo de vitórias
que não vão jamais voltar
do tempo tão contente
quando não tinha correntes
capazes de impedir
o seu desejo de voar
voar pro seu futuro
preso no seu quarto escuro
cercado pelo muro
que você fez levantar

Inserida por edsonpaiva