Deborah Oliveira: Natal de 2007 Está um tempo estranho...

Natal de 2007

Está um tempo estranho hoje, não sei dizer o porque, é apenas um dia inspirador.
Sou uma menina de sonhos, alguns passageiros e outros não.
Da janela do meu quarto, é possivel sentir os pingos de chuva caindo, é uma sensação inconfundível e única.
E na minha face sinto o cheiro do vento, não sei o porque mas nem os trovões estão tão assustadores hoje...e por um instante a luz do meu quarto se apagou,parece um sonho..e eu apenas rezo para que isso nunca acabe.
O vento sopra a minha face, eu estou sentada em frente a minha janela, e por uma fresta as gotas caem em mim, eu posso sentir como se estivesse lá fora, na chuva. Eu rezo para que isso nunca acabe.

Inserida por deboraholiveira9