Desconhecido: O SOBREVIVENTE Eu sobrei da poeira...

O SOBREVIVENTE
Eu sobrei da poeira atômica
E sinto a radiação em meus poros.
Um míssil como urubu doido explodiu nos ares.
Explodiu em algum lugar.
Eu não tinha nada com isso.
Pagava minhas prestações,
trabalhava,
vivia honestamente,
E no fim, o fim.

Eu sou um sobrevivente,
talvez o único do globo,
fui o escolhido para ver tudo,
e não poder fazer nada,
e quanta gente minutos atrás,
fingia não ver nada,
e podia tudo!
(Meu Deus, eu não fiz as pazes com meu irmão!)

Eu sobrei da poeira atômica
sobrei e não posso cumprimentar o pai da bomba,
o pai da bomba explodiu com ela,
ele se fez ingrediente dela.

Eu sou um sobrevivente
Não posso chorar porque as glândulas secaram,
não posso gritar porque as cordas vocais pifaram,
nhão posso ouvir porque meus tímpanos arrebentaram.

Estou vendo um vulto,
Sai dos destroços...
É...
É minha mulher.

Meu Deus, quando eu podia abraçá-la, e não abracei,
Agora posso...
Mas não tenho braços.

Inserida por certamagia