Eu: [ Poupo-me, apenas me poupo. ] . [O que...

[ Poupo-me, apenas me poupo. ]
.

[O que são 120 anos comparados com a eternidade, heim?!]
.
Sou essa ai da foto, mas não é só o que vocês veem na foto. Diferente das demais pessoas que fazem descrições como essa, que são todas inteligentes, ja fizeram tudo na vida, e além de tudo são; bonitas, simpáticas, ricas, espirituosas e felizes 24 horas por dia.
Eu não sou nenhum gênio, não sou nenhum ícone de beleza, preciso viver e aprender muito, as vzs não sou muito agradável, nem tão pouco socialmente espirituosa ou conformada com os seres humanos instalados neste mundo!
Queria deixar claro que não sou o meu perfil! Não sou essa descrição, nem as; comunidades, fotografias, os meus "amigos", os meus recados. Portanto, não me julgue pelo que você lerá e verá...
E por mais unidades eletrônicas de informação que esse espaço virtual comporte, ele jamais será grande o suficiente para me descrever.
Acho muito falho falar de si mesmo, pois, tudo depende do ponto de vista, e a toda hora estamos mudando e evoluindo, então é difícil responder com precisão quem sou eu! Mas se essa é a pergunta, pressuponho que é conveniente ressaltar o meu ponto de vista sobre mim, apesar dele, provavelmente, não representar com fidelidade total quem sou eu.
Após esses esclarecimentos iniciais, sem maiores delongas, comecemos essa descrição;

Sou cheia de manias. Cansei do evangeliquês. Não vejo por esse lado.Sou de Jesus para sempre. Sou silêncio, solidão. Meu coração guarda uma paixão beirando o escandalo pelo meu filho. Morro de dó de gente ausente. Tenho carências insolúveis.Teimosa. Muito amorosa e doce. A fé consegue. Faz-me rir. It’s only rock’n’roll and we like it!
Meu caminho é cada manhã. Leio 3 livros ao mesmo tempo e confundo quem tinha mae ausente de quem usava drogas. Não enxergo mais o inferno que me atraiu. Não sou parametro para filmes, pois choro e durmo em todos. Me poupe da sua amizade. Amo trabalhar. Estudar é devaneio de realidade. Gosto de arte. Danço esquisito, como toda mãe que se preze. Detesto gente grosseira. Acredito na delicadeza em tempo e fora de tempo. Tantas vzs e com quem merece carinhosa. Raivosa, quando me sinto atacada.
Não suporto chacrete, nem meninas oportunistas, muito menos garoto pegotodas.
Respeito a familia.
Desejo mudar de desejo. Já fui incrivelmente feliz, e, hoje sou incrivelmente alegre.
Sou mulherzinha e gosto. Carrego o nome do meu filho na mão, pois é por ele que eu vou e é por ele que eu volto.
Minha educação esconde meu odio. Não gosto de chocolate. O seu erro.
Um dia me vi, pensei que era outra.
Só gosto do banco da frente dos carros. Mas não imponho a minha pessoa a ninguém. Não imploro afeto. Não sou indiscreta nas minhas relações. Assunto secreto é coisa de gente mal resolvida. Acho tudo muito fora do lugar. Uso oculos gigantescos.
Não procure la o que só se encontra aqui.
Tenho poucos e maravilhosos amigos, porque acho mais inteligente ser seletivo a respeito daqueles que você escolhe para contar os seus segredos.
Então, se sou chata, não incomodo ninguém que não queira ser incomodado.
Chateio aqueles que não me acham uma chata, por isso me querem ao seu lado.
O que te provoco, se, e somente se provoco, não me diz respeito. Terapia existe pra que?
Acho sim, que, às vezes, dou trabalho.
“Mas é como ter uma BMW: se você não quiser ter que pagar o preço da manutenção, mude para um Passat, bolas e não encha minha paciência.”
Minha alma tem o peso da luz. Tem o peso da música. Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita. Tem o peso de uma lembrança. Tem o peso de uma saudade. Tem o peso de um olhar. Pesa como pesa uma ausência. É a lágrima e o sorriso.
Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros.
Todo amor que houver nessa vida pra vocês.
.
No fundo, no fundo é isso, mas não é só isso.

Ela ecoa;

Inserida por Renatapaes