IRAS: Anjo da noite beleza noturna Cheia de...

Anjo da noite beleza noturna
Cheia de sombras em tua alma
Com o olhar obscuro
Desvendando minha alma e lendo meu espírito
És a beleza que encanta a todas as criaturas
Livra-me do que me tornei
Salva-me da cultura falsa que nos coloca
És rosa negra com perfume da própria morte
És liberdade dos grilhões
Tens o sangue que sacia a minha sede

Pois sou como um leão faminto
E petrificado por dentro

Inserida por IVONETTE