Mauricio Guerrero: Fotografia É por ela que existo, por...

Fotografia

É por ela que existo,
por ela, que não desisto e insisto
Antes dela tudo era vertigem
Hoje, é tão nítido, claro e, vivo!

Tudo começou quando a conheci,
quando captei um pouco de sua luz
O seu brilho revelou o contraste de outras razões
onde o meu olhar já se desfoca, se perde e busca...

Busca a verdadeira luz, o calor, a vida, meu Sol
que se levanta todas as manhãs
mostrando um novo retrato, uma nova paisagem, um novo sorriso,
minha outra existência

E este é nosso pequeno trato,
ela me apresenta vida,
e eu, tento aproveitá-la, absorvê-la, internizá-la e
eternizá-la

E se, por ventura, perco o foco
ela, afável, dá a oportunidade de me retratar
E este é o elo que separa a lente:
eu, detrás, e ela... meu assunto, meu horizonte, meu motivo, meu norte

E a cada momento dela,
estarei, aqui, sempre pronto e sensível
Quer seja para acolher a dor
ou refletir o amor.
Revelando-a em silêncio,
sendo, assim, amador:
como um menino que aspira um dia brilhar,
inspirado nela, retrato da minha vida.

Inserida por mauricioguerrero