Alessandra A. Rossetto: ''QUANDO FOR QUE SEJA" Ainda não...

''QUANDO FOR QUE SEJA"

Ainda não consigo entender a razão de tudo ter se acabado
O lençol sobre a cama ainda desarrumada guarda nosso maior segredo
Sua camisa no chão jogada, a taça de vinho ainda pela metade
Atravessando aquela solida parede posso ver os raios de sol
Quando você se foi?
Não consigo entender a razão
No banheiro sua toalha ainda esta úmida, ainda posso sentir o cheiro do seu perfume
Ando pela sala em direção ao norte vejo nossas fotografias espalhadas pelo chão!Lagrimas
Onde você estará?
Tudo parece ser irreal, será isso um pesadelo
Tento acordar mais não dá
Você se foi e não vai mais voltar
Desespero-me
Lagrimas incessantemente caem de minha alma
Sem ter saída me vejo perdida em meio ao deserto da solidão
Ainda não consigo entender a razão de tudo ter se acabado

Inserida por leemoxinha