Torquato da Luz: Espelho Como quem, debruçado sobre o...

Espelho

Como quem, debruçado sobre o espelho
do lago, que uma leve brisa agita,
de súbito descobre que está velho
e, por mais que se mire, não acredita
no olhar que do outro lado o fita,
assim me achei perante ti, ao fim
de tanto tempo sem curar de mim.

Inserida por solitaria543